Home
Surrogate End Points for Overall Survival in Metastatic, Locally Advanced, or Unresectable Pancreatic Cancer: A Systematic Review and Meta-Analysis of 24 Randomized Controlled Trials.


O recente estudo publicado na Annals of Surgical Oncology investigou o uso da sobrevida livre de progressão (PFS), taxa de resposta (RR) ou taxa de controle da doença (DCR) como substituto confiável para a sobrevida global (OS) na avaliação do benefício clínico da quimioterapia de primeira linha em câncer de pâncreas metastático, localmente avançado ou não-ressecável (MLAUPC). Desta forma, foi realizada uma revisão sistemática e uma meta-análise incluindo 24 ensaios clínicos de fase 3 para MLAUPC, com gencitabina como o braço de controlo do ensaio.

O coeficiente de correlação de Pearson entre OS e PFS foi de 0,86 (intervalo de confiança 95% [IC] 0,67-0,94, p <0,001). A análise de sensibilidade dos estudos com pouco ou nenhum cruzamento mostrou ainda um coeficiente de correlação de 0,91 (IC 95% 0,76-0,97; p <0,001). O coeficiente de correlação entre OS e RR foi de 0,45 (IC 95% 0,07-0,72; p = 0,02) e entre OS e DCR foi 0,74 (IC 95% 0,38-0,90; p <0,001).

Os autores concluem que a PFS apresenta uma correlação robusta com a OS e pode ser utilizada como substituto na avaliação da quimioterapia de primeira linha para MLAUPC.

Fonte: Ann Surg Oncol. 2017 Apr 10. doi: 10.1245/s10434-017-5826-2. [Epub ahead of print]

Declaração legal, Política de Privacidade e Política de Uso