Home
Risk of colorectal cancer in chronic liver diseases; a systematic review and meta-analysis


O atual estudo, publicado na Gastrointestinal Endoscopy, realizou uma revisão sistemática e meta-análise com o intuito de avaliar o risco de câncer colorretal (CRC) em pacientes com doenças hepáticas crônicas antes e após o transplante hepático, tema que ainda não está claro na literatura. A análise envolveu 50 estudos (n=55.991) envolvendo o risco de CRC em pacientes com doenças hepáticas crônicas.

Os estudos que incluíram pacientes com hepatite crônica e cirróticos apresentaram a taxa de incidência padronizada (SIR) combinada de 2,06 (P<0,0001; IC 95%, 1,46-2,90) com heterogeneidade moderada (I2 = 49,2%). Três estudos apresentaram também um risco de CCR aumentado em pacientes com colangite esclerosante primária (CEP) (SIR 6,70, P<0,0001; IC 95%, 3,48-12,91) com heterogeneidade moderada (I2 = 36,3%). Entre os estudos que incluíram pacientes pós-transplante, o SIR combinado foi de 2,16 (P<0,0001; IC 95%, 1,59-2,94) com heterogeneidade moderada (I2 = 56,4%). Os autores demonstraram a partir de meta-regressão uma correlação entre a proporção de doenças hepáticas autoimunes e o risco de CRC.

Desta forma, os pesquisadores concluem que há um risco aumentado de CCR em pacientes com doenças hepáticas crônicas em comparação com a população geral, e sugerem que uma vigilância mais intensa pode ser necessária nessa população.


Fonte: Gastrointest Endosc. 2016 Dec 20. pii: S0016-5107(16)30839-2. doi: 10.1016/j.gie.2016.12.009. [Epub ahead of print]

Declaração legal, Política de Privacidade e Política de Uso